domingo, 28 de dezembro de 2008

Chave para o Século XXI

O óleo de castanha de caju pode ser matéria-prima para a síntese da lasiodiplodina, substância já conhecida por atuar contra a leucemia (câncer de sangue). Cientistas do Laboratório de Pesquisa e Ensino em Síntese Orgânica da Universidade de Brasília (UnB) estão em fase final dos estudos sobre a extração da substância a partir de um tipo de ácido, o anacárdico, encontrado no óleo.
Como o cajueiro é abundante no Brasil, em especial na Caatinga, o óleo da castanha pode se tornar uma fonte mais barata e mais simples para a obtenção da lasiodiplodina, sintetizada geralmente a partir de substâncias químicas industrializadas. Além desta utilidade, duas outras substâncias estão sendo estudadas: uma para desenvolver um filtro solar e outra para a obtenção de um análogo do ácido salicílico, substância da qual é feita a aspirina. Para acessar a íntegra deste artigo clique em "Chave para o Século XXI: Caju x Câncer", de João Paulo Capobianco.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Caju em segundo no RN

O volume arrecadado pelo Rio Grande do Norte com suas exportações, de janeiro a novembro, caiu 9,9% em relação ao mesmo período do ano passado. O melão continua liderando a lista dos principais produtos exportados pelo estado. Embora apresente uma queda de 25,7% de 2007 para 2008, a fruta acumula US$ 55,8 milhões vendidos, o equivalente a R$ 131,13 milhões. O segundo lugar ficou com a castanha de caju com US$ 41,5 milhões comercializados (R$ 97,5 milhões), seguido pelo combustível: atingiu a cifra de US$ 26,3 milhões (R$ 61,8 milhões). Fonte: Tribuna do Norte.

Caju de mesa

Veja no site Cajucultura os Preços de venda do caju de mesa no atacado praticados em algumas Centrais de Abastecimento do país, referentes à semana de 15 a 19/12/2008.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Caju-de-mesa

Veja no site Cajucultura os Preços de venda do caju de mesa no atacado praticados em algumas Centrais de Abastecimento do país, referentes à semana de 08 a 12/12/2008.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Safra de caju 2008

O IBGE divulgou a décima primeira previsão da safra brasileira de castanha de caju para 2008, tendo como referência o mês de novembro. Em relação a 2007, houve uma variação de 76,75% na produção, 2,09% na área plantada, +2,24% na área colhida (hectares) e 72,63% no rendimento (kg de castanha por hectare). Veja mais detalhes no site Cajucultura.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Jardins clonais de cajueiro

A regional da Emater de Picos (PI) realizou a terceira etapa das capacitações para produção de mudas e manejo na produção de caju para 160 agricultores familiares. A proposta de produção de mudas em viveiros vai servir para formar sete “jardins clonais” em cerca de um hectare de caju, em cada município da região de Picos, visando à retirada de material (garfo e a borbulha) para enxertia.
“Esses jardins vão possibilitar que se tenha material genético de quatro clones de caju, difundindo variedades de clones de caju. A idéia é que, no próximo ano, os agricultores familiares possam escolher uma variedade mais produtiva, ou a que tenha um caju mais aceito na mesa, ou na indústria para produção de cajuína”, explica o engenheiro agrônomo Clébio Coutinho, coordenador do Emater em Picos.
Cada município participou com 20 agricultores familiares onde as capacitações são realizadas em três módulos, num total de 72 horas. “O objetivo é preparar esses agricultores familiares para trabalharem nos projetos do Programa Nacional de Desenvolvimento Territorial (antigo PRONAF Infra-estrutura), que é executado pelo órgão, através de convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Territorial, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (Fonte: Jornal Meio-Norte)

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Preços do caju-de-mesa

Veja no site Cajucultura os Preços de venda do caju de mesa no atacado praticados em algumas Centrais de Abastecimento do país, referentes à semana de 01 a 05/12/2008.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Conjuntura do caju

A última Conjuntura mensal da Castanha de Caju elaborada pela Técnica: Ianelli Loureir, da Conab, assinala que a safra encontra-se em desenvolvimento em todos os estados produtores e está se confirmando a perspectiva de aumento de produção quando comparada a 2007, com os . preços variando de R$0,82 a R$0,95/kg. Segundo dados do IBGE o Brasil em 2008 produzirá cerca de 277 mil toneladas de castanha de caju. O estado do Ceará participa com 150 mil, Piauí 65 mil e Rio Grande do Norte com 40 mil toneladas.
A paridade de exportação, considerando a taxa cambial de U$2,26 encontra-se a R$2,25/kg. Valor considerado bem superior ao que o produtor está recebendo. A Conjuntura ressalta que 80% da produção nacional de castanha é exportada e o setor industrial afirma que as exportações encontram-se afetadas pela presente crise mundial, pois cerca de 75% da produção nacional se destina aos Estados Unidos e conforme afirmação do setor o mercado está travado.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Criação de fundo de apoio à cultura do caju

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou , em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 6167/02, do Senado Federal, que cria o Fundo de Apoio à Cultura do Caju - Funcaju. O objetivo do fundo é desenvolver o financiamento e a modernização da agroindústria do caju e de seus produtos derivados; incentivar o aumento da produtividade da cajucultura; fortalecer a exportação de produtos relacionados; e promover a defesa do preço dos mercados interno e externo e das condições de vida do trabalhador rural.
Recursos.
O Funcaju será constituído por recursos da União e créditos adicionais que lhe forem atribuídos pela lei orçamentária (LOA); doações e contribuições a qualquer título de entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, e de pessoas físicas; recursos provenientes de ajustes; convênios firmados com instituições públicas e privadas; e rendimentos de aplicações financeiras em geral.
A matéria foi aprovada na forma do substitutivo oferecido pelo relator na comissão, deputado Colbert Martins (PMDB-BA). Entre outras mudanças, Martins alterou a ementa da proposta original, que apenas autorizava o Executivo a constituir o fundo. Ele também excluiu a determinação de prazo para que o governo criasse o Funcaju. "A proposição afrontava a Constituição ao assinalar prazo para o Poder Executivo exercer competência que lhe é privativamente deferida pelo art. 84", lembrou o deputado baiano.
Infra-estrutura e propaganda
Além de apoiar tecnologias que concorram para o aumento da produtividade e da qualidade do caju e financiar a expansão da cadeia produtiva, o fundo poderá ser aplicado no treinamento de mão-de-obra e em investimentos na melhoria da infra-estrutura de apoio à produção e comercialização do caju e de seus derivados para os mercados interno e externo.
Os recursos do fundo poderão ser inclusive investidos na melhoria da infra-estrutura das regiões produtoras de caju, compreendendo a modernização de estradas vicinais, comunicação e eletrificação. Apoio financeiro também poderá ser alocado para programas sociais que visem proporcionar melhores condições de vida do trabalhador rural. O governo poderá ainda promover, com recursos do Funcaju, campanhas publicitárias destinadas ao aumento do consumo do produtos nos mercados interno e externo.
Tramitação
A proposta retorna agora ao Senado para análise das mudanças feitas pela Câmara.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Exportações piauienses

Mesmo sem a computar os meses de novembro e dezembro, o Piauí já bateu o recorde em exportações (US$ 96 milhões). Os números representam um aumento de 113% em relação ao período de janeiro a outubro do ano passado.Dos US$ 96,1 milhões, US$ 43,4 milhões vieram da soja e US$ 39,9 da cera de carnaúba. A castanha de caju, com US$ 4,7 milhões, aparece como o terceiro produto mais vendido para o exterior, seguido de pedras ornamentais, com US$ 4,3 milhões, mel, com US$ 3,4 milhões, e couros e peles, com US$ 3,2 milhões.